25 fevereiro 2012

Tenho saudades dos tempos que não conheci,
das coisas que não vi,
do século em que não vivi  .   .   .

Não sou deste tempo
Não me enquadro neste enquadramento
Sou  diferente por dentro  .   .   .

Um tempo em que se perderam os valores
Um tempo em que já não existem senhores   .   .   .

Quero voltar,
Quero voltar para onde nunca fui
Quero voltar,
Quero voltar porque toda eu rui   .   .   .

Não quero viver neste século,
Não quero ser mais um espectro,
Não quero viver esta vida
Quero a vida que me era devida!


                                     Bia* »i«





Sem comentários:

Enviar um comentário